recife resiste!


Professores da rede municipal do recife deflagraram greve nesta sexta-feira
28/05/2010, 23:45
Filed under: notícias | Tags: , ,

Após intensa discussão em assembleia geral iniciada às 10h e que juntou cerca de 600 professores, na Praça Tiradentes, localizada próxima ao prédio da Prefeitura do Recife, na zona central da cidade, os profissionais da rede municipal de ensino deflagraram paralisação imediata das atividades, já a partir da tarde desta sexta-feira (28).

Logo após a assembléia seguiu em protesto até a sede da Prefeitura do Recife, na Avenida Cais do Apolo.

Os trabalhadores pedem o cumprimento da  Lei 1.738/08, que determina o reajuste imediato do Piso Salarial Nacional do Magistério com retroativo ao mês de janeiro de 2010, de 15,94%. Se aprovado, o benefício elevaria o salário-base dos professores de R$ 1.134,00 para R$ 1.312,85. Contudo, de acordo com o Sindicato dos Professores da Rede Municipal do Recife (Simpere), a Secretaria Municipal de Educação oferece um reajuste de apenas 4,66%.

Outra luta travada pelos professores diz respeito benefícios ligados a titulação dos professores. De acordo com o Simpere, o Recife é a cidade da Região Metropolitana que paga a menor gratificação aos profissionais pós-graduados: os valores da titulação são de 2,5% para os especialistas, 5% para os mestres e 7,5% para os doutores. Em Jaboatão dos Guararapes, por exemplo, esses valores são de 10%, 20% e 30%, respectivamente.

Os professores também pedem a implantação de 1/3 da aula atividade e melhores condições de trabalho. E denunciam que em muitas escolas as salas de aula estão superlotadas e com a estrutura física comprometida.

RESPOSTA DA PREFEITURA (segundo o pe360 graus)
Após o anúncio da greve, a Prefeitura do Recife lançou uma nota de esclarecimento através da Secretaria de Educação, Esporte e Lazer.

De acordo com a instituição, a decisão da greve foi considerada intolerável, visto que interrompeu um processo de negociação que teve início no dia 29 de março que resultou no acatamento pleno ou parcial, por parte da Prefeitura, de 29 dos 29 itens reivindicados pelos professores.

Em relação ao reajuste de 4,66% oferecido, a Prefeitura informou que este valor soma-se com um aumento de 21% garantido em 2009 com a Lei do Piso Salarial Nacional do Magistério, o que faz com que o salário inicial do profissional seja de R$ 1.185,17, superior ao valor previsto na Lei Nacional do Piso de 1.024.

Ela lembrou também que, durante as negociações, apresentou como propostas a contratação imediata de 190 professores, a criação de um bônus cultural para aquisição de livros e outros meios de cultura no valor de R$ 300  e a ampliação de 30% da carga horária para professor I e II.

Por fim, a Secretaria informou que as aulas perdidas em dias de greve pelos alunos serão repostas.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: