recife resiste!


Camelôs pressionam, mas só 54 retornam nesta quarta
30/11/2010, 10:19
Filed under: notícias | Tags: , ,

A Prefeitura do Recife não recua e marcou para esta quarta-feira (1) a volta de apenas 54 dos 123 ambulantes retirados da Rua 7 de Setembro, no Centro do Recife. A quantidade de comerciantes autorizados a trabalhar no local permanece a mesma do projeto inicial de reordenamento das vias da cidade. O número de autorizações não agrada os camelôs, que não descartam realizar novos protestos, como o que aconteceu na última quinta-feira (25), logo após eles serem retirados da rua.

Hoje, uma comissão se encontra com engenheiros e arquitetos da prefeitura para tentar convencê-los de que o projeto pode contemplar mais comerciantes informais. “Vamos provar que dá para colocar mais gente nesse projeto. Não vamos aceitar que mais da metade dos ambulantes cadastrados fique de fora, sem trabalhar. Também não vamos abrir mão do nosso direito de protestar”, destacou o presidente do Sindicato do Comércio Informal, Elias de França.


Ontem, o secretário de Planejamento Urbano do Recife, Amir Schvartz, e representantes dos camelôs participaram de reunião. Após o encontro, os ambulantes fizeram uma assembleia na 7 de Setembro para discutir novas propostas. Policiais militares acompanharam a reunião com o objetivo de evitar manifestações.

No encontro ficou decidido que hoje será o último dia de negociação com o Executivo municipal. O grupo também combinou que, além da comissão que representa os comerciantes informais, os demais camelôs também vão à prefeitura hoje para pressionar.

“Aceitamos a decisão da categoria. O pessoal vai lá para esperar o resultado da reunião. É uma forma de pressionar de forma saudável. Não vai haver passeata. Mas se não avançar amanhã (hoje), podemos radicalizar, se necessário”, explicou Elias de França.

Na assembleia ficou claro que a maioria dos camelôs só aceita o reordenamento se os 123 cadastrados forem contemplados de alguma forma. Há seis dias sem trabalhar, muitos se dizem desesperados, já que a partir de hoje, o 13º salário começa a circular no comércio e eles estão impedidos de negociar.

O Sindicato do Comércio Informal chegou a sugerir a diminuição dos tabuleiros para aumentar o número de autorizações. Em nota, a prefeitura informou que “foi destacado que qualquer alteração no projeto inicial só ocorrerá, caso não haja o comprometimento dos critérios de acessibilidade e mobilidade necessários para o ir e vir da população na rua”.

Entre os critérios para a escolha de 54 entre 123 ambulantes estão o tempo de serviço na área e a comercialização de produtos que não resultem em sujeira.

Mídia corporativa: Jornal do Commercio

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: