recife resiste!


Mulheres fecham a ponte entre Juazeiro e Petrolina
04/03/2011, 10:41
Filed under: notícias | Tags: , , ,

Dando continuidade às mobilizações da Jornada Nacional de Luta das Mulheres da Via Campesina, cerca de 800 trabalhadoras rurais ligadas ao MST, ao Movimento de Pequenos Agricultores (MPA), ao Movimento dos Atingidos por Barragem (MAB) e à Comissão Pastoral da Terra (CPT) marcharam na manhã desta terça-feira (1/3) de Juazeiro (BA) a Petrolina (PE), trancando a ponte que liga os dois municípios.

A Marcha de Luta, como as camponesas denominaram a mobilização, é em protesto contra a inoperância do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e contra a não realização da Reforma Agrária no país.

As mulheres da Via Campesina lembram ainda que muitas comunidades de ribeirinhos, quilombolas e assentados da Reforma Agrária que vivem no entorno do Rio São Francisco não tem acesso à água e exigem um programa de água para todos e todas.

Após liberar a ponte presidente Dutra as camponesas ocuparam as ruas do centro de Petrolina em direção à sede do INSS, onde vão cobrar do órgão o cumprimento dos direitos básicos como salário maternidade, aposentadoria e auxílio doença.

Veja abaixo a pauta completa.

CODEVASF
Direito a Água
– Programa água para todos, para todas as comunidades PE e BA, que estão dentro dos critérios adotados pelo programa, (15 quilômetros da margem do rio)
– Construção/reforma de sistemas de irrigação para todas as comunidades (Quilombolas e ribeirinhas) e assentamentos de Reforma Agrária.
– Resolver as áreas em conflitos agrários junto ao ministério da Integração.

INCRA
Direito aos créditos (desburocratização) e a terra.
– Apoio Mulher: agilidade; disponibilizar uma equipe de técnico especifica para estes fins. (Urgente).
– Titularização das áreas Quilombolas PE/BA ( contratação de antropólogo).
– Ver processo junto a UNIVASF, sobre os estudos antropológicos iniciado em anos anteriores.
– Acesso a terra das famílias cadastradas pelo mesmo, junto ao MAB.
– Agilizar o processo de desapropriação das áreas já com decreto, para assentamento imediato das famílias

INSS
Direito aos benefícios
– Salário maternidade
– Aposentadoria
– Auxílio doença

CAIXA ECONIMICA FEDERAL
Direito a moradia.
– Construção de habitação para as famílias que moram em casa de taipa
– Finalizar as moradias iniciadas pelo convenio Incra/Caixa Econômica

Fonte: MST

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: