recife resiste!


Mija Aqui – Carnaval Olinda 2011
05/03/2011, 10:07
Filed under: notícias | Tags: , , ,

Chega o Carnaval e Olinda transforma-se em negócio sujo. AMBEV e Prefeitura fecham contrato de exclusividade, através de uma lei municipal especial, que permite a Skol tomar conta da cidade em troca de R$3 milhões, que ninguém sabe quem mete ao bolso.

A AMBEV, empresa que fábrica a Skol, aproveita: coloca sinais exteriores de publicidade em todos os bares e botecos da cidade, monta depósitos de bebidas em pleno sitio histórico, paga a fiscais que se dedicam a aterrorizar os ambulantes, perseguindo e confiscando qualquer marca de cerveja que não seja Skol, e pinta a cidade histórica com as suas cores vermelho e amarelo, o que constitui uma descarada mensagem publicitária subliminar, sem que o IPHAN levante qualquer problema…

Não julguem eles – AMBEV, Prefeitura e IPHAN – que todos os moradores são cúmplices! Como forma de protesto, lançamos uma mensagem aos milhares de mijadores de rua de Olinda para se unirem aos moradores. O problema não é mijar, é mijar no lugar errado. Não mijem em nossas casas, o lugar certo é mijar na Skol, a patrocinadora oficial do mijo de Olinda.

FORA DE OLINDA, PORCOS CAPITALISTAS!

Salve a verdadeira Cultura Popular!

Salve os imortais cantadores de rua!

Xs Vizinhxs

Fonte: Mangue Crew PE

Anúncios

7 Comentários so far
Deixe um comentário

Agradecemos a colaboração por email e esperamos manter contato. Afinal de contas este é um espaço aberto e se propõe como uma ferramenta de contra-informação.

Recife e Olinda resistem!

Comentário por reciferesiste

a resposta pau no cu da AMBEV:

COMPANHIA DE BEBIDAS DAS AMÉRICAS – AMBEV, sociedade empresária com sede na Cidade de São Paulo-SP e filial na Cidade de Olinda-PE, com endereço à Avenida Presidente Kennedy, nº 4400, Peixinhos, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 02.808.708/0006-03, vem, pelo presente, expor e, ao final, requerer:

A empresa notificante é a segunda maior produtora mundial de bebidas, sendo reconhecida internacionalmente pela reputação ilibada que detém junto à sociedade, preservando uma imagem íntegra e inabalável, construída com árduo esforço no decorrer do exercício de suas atividades, ante a estrita observância das leis.

Como toda empresa do ramo de bebidas, participa de licitações públicas para patrocinar o carnaval de diversas cidades, promovendo a sua marca e contribuindo para a organização de uma das maiores festas do país. Assim, participou do procedimento licitatório para patrocinar o carnaval de Olinda/PE, havendo sido declarada vencedora, razão porque houve a montagem de ampla infra-estrutura com a sua logomarca.

Ocorre que o notificado, em ato flagrantemente ilícito, disseminou, através das mídias sociais e de panfletos, a mensagem de que a notificante havia entrado em conluio com a Prefeitura da Cidade de Olinda para ser a patrocinadora oficial do carnaval, desviando recursos, razão porque a população, como forma de protesto, deveria urinar na infra-estrutura montada e em todos os locais em que estivesse presente a logomarca da notificante.

Ademais, o notificado pichou mensagens por toda a cidade, tanto na infra-estrutura montada para a festa, quanto em prédios históricos tombados.

Os atos do notificado constituem crime de calúnia (Art. 138 do CP), em virtude de haver sido imputado responsabilidade à notificante e a Prefeitura de Olinda de fatos definidos como crime; de difamação (Art.139 do CPC), em virtude de haver sido imputado fato ofensivo à reputação da notificante, que denigre a sua reputação idônea; de incitação pública a prática de crimes (Art.286 do CP); de pichação, com o agravante dos atos haverem sido realizados em monumentos tombados, nos termos do Art.65, § único da Lei 9.605/1998.

Diante do exposto, requer a notificante que o notificado: retire imediatamente todo o material divulgado nas mídias sociais (FACEBOOK, TWITTER, ORKUT, HI5, ETC), evitando a incitação a prática de mais atos ilícitos; recolha todos os panfletos distribuídos e restitua os monumentos e a infra-estrutura ao seu estado original, sob pena de tomada das medidas judiciais cabíveis, sem prejuízo da instauração de inquérito para apurar os fatos, bem como de ser realizada denúncia junto ao Ministério Público e a Polícia Civil.

Recife, 03 de Março de 2011

COMPANHIA DE BEBIDAS DAS AMÉRICAS – AMBEV
Por seu Advogado CARLOS ANTÔNIO HARTEN FILHO
OAB/PE 19.357

Comentário por bumbameuboi

ai que meda

Comentário por bumbameuboi

quem foi o notificado pela AMBEV?

Comentário por assiralc

um cara que divulgou a parada no facebook dele. mas acho q nem tem tanto a ver com o assunto

Comentário por lorca

ei, ambev
pega no meu pau!

Comentário por chapeleiro maluco

e como se não bastasse, ainda colocaram um bloco ridículo pra sair todos os dias no Recife Antigo!

FORAAAAAAA!

Comentário por dopoaopo




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: