recife resiste!


Mães com filhos na UTI do HR reivindicam direito de ficar no hospital
18/03/2011, 13:29
Filed under: notícias | Tags: , ,

Cerca de 15 mães de crianças internadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) realizaram esta manhã um protesto na rampa do setor de pediatria do Hospital da Restauração (HR). Com faixas e cartazes, elas reivindicam o direito de permanecer na unidade de saúde para acompanhar seus filhos e fecharam o trânsito da avenida Agamenon Magalhães na frente do hospital.

Cinco policiais militares convenceram as manifestantes a liberar a avenida principal e continuarem o protesto na via local. Mesmo assim, o congestionamento é grande no local e agentes da Companhia de Trânsito e Transportes (CTTU) foram chamados para auxiliar os motoristas.

De acordo com o ouvidor de saúde pública da Associação de Defesa Usuarios de Seguros, Planos e Sistemas de Saúde (Aduseps), Júlio Cesar Bezerra da Silva, elas foram proibidas de permanecer no dormitório da unidade para acompanhar seus filhos.“Essas mães são na maioria do interior do estado, de cidades como Garanhuns, São Caetano, Belo Jardim e Goiana e precisam deste espaço para ficar ao lado de suas crianças, em estado grave. Esse é um direito assegurado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente”, defendeu o ouvidor da Aduseps, entidade que defende as manifestantes.

Desesperada, Ilda Josefa da Silva, de 25 anos, moradora de Vicência, não sabe o que fazer. O filho dela sofre de uma doença crônica e respira com ajuda de aparelhos há três anos. Ela não tem parentes no Recife nem recursos para se hospedar em uma pousada ou hotel.

A assessoria de comunicação do HR informou que a medida foi anunciada na segunda-feira passada pelo vice diretor médico da unidade, João Veiga, sob a alegação de que os acompanhantes não podem residir no hospital. A promotora Jaqueline Guilherme, da Vara Infância e Juventude, vai entrar com uma ação para cancelar a medida, baseando-se no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Mídia corporativa: pernambuco.com

Anúncios

1 Comentário so far
Deixe um comentário

HR volta atrás e permite permanência de mães com filhos na UTI

Após um protesto na manhã desta sexta-feira (18), diretor do Hospital da Restauração (HR), o médico Miguel Arcanjo, resolveu voltar atrás na decisão de proibir a permanência das mães que acompanham seus filhos, que são pacientes da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele informou que, juntamente com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), será providenciada uma casa de apoio para os acompanhantes. Além da residência temporária, será garantido um meio de transporte.

Nesta tarde, o diretor do HR disse que a proibição da permanência de acompanhantes foi decidida após o vice-diretor médico da unidade de saúde, João Veiga, ter presenciado um ato inadequado para um ambiente hospitalar. Durante o protesto desta manhã, algumas mães disseram que estavam sendo acusadas de levarem homens para o local.

Cerca de 15 mães de crianças internadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) realizaram um protesto na rampa do setor de pediatria do HR. Com faixas e cartazes, elas reivindicaram o direito de permanecer na unidade de saúde para acompanhar seus filhos e fecharam o trânsito da avenida Agamenon Magalhães na frente do hospital.

A proibição foi anunciada na última segunda-feira (14) sob a alegação de que os acompanhantes não podem residir no hospital.

Mídia corporativa: pernambuco.com

Comentário por reciferesiste




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: