recife resiste!


ASSENTAMENTOS DO MST FAZEM DOAÇÃO DE ALIMENTOS PARA VÍTIMAS DAS ENCHENTES NA MATA SUL DE PERNAMBUCO
19/05/2011, 18:34
Filed under: notícias | Tags: , , , ,

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) está doando 30 toneladas de alimentos produzidos nos assentamentos do MST em todo o estado de Pernambuco, para serem entregues às vítimas das enchentes que afetaram os municípios de Palmares, Água Preta e Gameleira desde o início desse mês.

A primeira parte dos alimentos será entregue na cidade de Palmares, no próximo sábado, dia 21, às 09:00 hs quando será realizado um ato com a participação dos prefeitos dessas cidades e do Secretário Executivo da Secretaria Estadual de Agricultura Familiar, Aldo Santos, além de dirigentes do MST.

Mais informações:

Edilson Barbosa – Direção Estadual MST-PE: 81. 9991 8042

Fonte: Comunicação do MST – PE

Anúncios


Palmarenses afetados pela enchente fecham BR-101
20/04/2011, 07:32
Filed under: notícias | Tags: ,

Nesta terça-feira, moradores do município de Palmares,  realizaram um protesto de 3 horas, interditando a rodovia BR-101, Mata Sul de Pernambuco.
Cerca de 300 famílias vítimas das enchentes do mês de junho de 2010, continuam alojadas em um acampamento vivendo em barracas, no centro social urbano de Palmares.
Os manifestantes reclamaram das péssimas condições do acampamento, local onde foram instaladas as barracas que  serve como moradia.
Os acontecimentos revelam que a ajuda cedida aos desabrigados pelas enchentes é insuficiente, cabe a população se manifestar por melhores condições de moradia.
“Já fez mais de nove meses e as casas prometidas até agora só ficaram na promessa” disse um dos manifestantes que não quis se identificar.

Mídia Corporativa: NE10




Manifestantes ateam fogo em pneus e fecham Avenida Presidente Kennedy
22/02/2011, 10:42
Filed under: notícias | Tags: , ,

O trânsito na Avenida Presidente Kennedy, em Olinda, foi bloqueado com pneus há cerca de uma hora por um protesto de moradores da comunidade Cabo Gato, que fica em Peixinhos, bairro do município. Os moradores da comunidade reclamam que, há anos, sofrem com o problema das enchentes. De acordo com eles, durante o fim de semana, o nível da água atingiu um metro e meio. O líder comunitário Edvânio Marques reconhece o transtorno provocado pelo protesto, mas alega que foi a única maneira encontrada de chamar a atenção dos órgãos públicos para o problema. “Nós sabemos que estamos impedindo a inda e vinda do pessoal, mas também sabemos que esse era o único meio de chamar a atenção dos órgãos públicos – principalmente o Governo do Estado e a Prefeitura de Olinda, que estão em falta há anos com a comunidade”, disse. A polícia, no momento, apenas observa o manifesto. A fumaça provocada pela queima de pneus pode ser vista desde o viaduto da PE-15.

Mídia Corporativa: Jornal do Commercio



Moradores protestam e interditam PE 60 em Barreiros
27/09/2010, 12:19
Filed under: notícias | Tags: , ,

Vítimas das enchentes que atingiram Barreiros, na Zona da Mata de Pernambuco, realizaram na manhã desta segunda-feira (27), um protesto para pedir a liberação de recursos e melhorias na infra-estrutura para a cidade.

Durante o protesto, a PE 60 foi interditada, os participantes queimaram pneus na pista impedindo o fluxo de veículos. Vários comerciantes dizem ainda não ter recebido nenhuma ajuda financeira do governo do Estado.

Ainda segundo as vítimas, mais de três meses se passaram e a distribuição de água não foi normalizada. Outra reclamação é sobre o funcionamento do Hospital Municipal Maria Amália.

Continue lendo



III Grito da Terra
07/07/2010, 22:56
Filed under: notícias | Tags: , , , , ,

Foi concluído no final da tarde desta quarta-feira o terceiro grito da terra regional, que reuniu cerca de cinco mil trabalhadores rurais dos nove estados do Nordeste. A mobilização aconteceu no Recife e começou por volta das 7h da manhã quando os agricultores começaram a chegar na Ceasa. Às 14h, o protesto seguiu pela BR-101 em direção a antiga Sudene e deixou o trânsito lento nas faixas sentido Norte.

O ato foi organizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) e as Federações dos estados do Nordeste. De acordo com Alexandra Lunas, vice-presidente da Contag, o principal motivo da mobilização foi apresentar os resultados das negociações que têm ocorrido nos últimos meses em todos os estados da região. “Nós conseguimos avançar em alguns pontos, principalmente na questão de apoio ao semi-arido e queremos informar aos trabalhadores nossos próximos passos”, comentou.

Em Pernambuco, além de medidas emergências para as vítimas das enchentes no interior, a pauta de reivindicação gira em torno da criação de uma Secretaria de Políticas Agrícolas. “Já temos a Secretaria de Produção Rural e Reforma Agrária, mas ela trata mais do produtor e o que queremos é que trate da produção familiar”, explicou o diretor de Produção Agrária da Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Pernambuco (Fetape), Adelson Freitas.



Nota Pública: Catástrofes nem tanto Naturais
05/07/2010, 16:53
Filed under: carta | Tags: , ,

Produzida por organizações da sociedade civil pertencentes à ABONG, Articulação AIDS Pernambuco,  Articulação de Entidade da Zona da Mata , Fórum de Mulheres de Pernambuco e Fórum Estadual da Reforma Urbana sobre as enchentes ocorridas no estado. Essas organizações estão trabalhando conjuntamente tanto nas questões emergenciais relativas ao atendimento às vítimas, com doações de materiais de segurança, roupas, alimentos etc; como pretendem abrir um diálogo político sobre as causas e conseqüências desta tragédia.

Dez anos atrás, as populações da Zona da Mata de Pernambuco sofreram com enchentes que destruíram casas, comércio, plantações, prédios públicos, ruas, caminhos. Ações emergenciais e de reconstrução foram feitas. Assim, tudo voltou ao seu lugar.

Dez anos depois, as chuvas do inverno nordestino provocaram enchentes em proporções infinitamente mais devastadoras do que em 2000. Uma tragédia da natureza? Não. Uma catástrofe social, política, econômica e ambiental. Uma catástrofe nem um pouco natural.

Os números, ainda imprecisos e incompletos, nos dão a dimensão do que deixou de ser feito, do que continua a se perpetuar por muito tempo. A cidade de Barreiros, na Zona da Mata de Pernambuco tem 68, 3% de sua população desabrigada. Água Preta, na mesma área, tem 41,4% de população desabrigada. Em Murici, no estado de Alagoas, o percentual é de 55,7%.

Continue lendo



Chuva, Enchentes e Revolta
20/06/2010, 10:16
Filed under: digressões | Tags: , ,

Recife e grande parte do estado de Pernambuco receberam uma grande carga de chuva durante esta última semana, o que se esperava chover em um mês foi ultrapassado em menos de 7 dias. Constatamos uma primeira revolta, uma revolta da natureza. Segundo metereólogos essa pancada de chuvas é, no mínimo, incomum. Normalmente as chuvas começam pelo fim de março, no entanto, esse ano, após um dos verões mais quentes, as chuvas ainda não tinham chegado efetivamente, mesmo nos encontrando em meados de junho.

Já no último fim de semana as gotas caíam com raiva, como se quisessem furar o asfalto e encontrar uma terra que as absorvesse. Em diversos pontos, com muita força e nunca sozinhas, as gotas venceram o asfalto e o concreto encontrando minimamente um espaço para fechar um ciclo e garantir a retroalimentação da natureza. Continue lendo