recife resiste!


Médicos tentam acordo com diretoria do Imip
20/04/2011, 07:25
Filed under: notícias | Tags: , ,

Uma comissão formada por representantes do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) e médicos da Emergência Pediátrica vão negociar com a direção do Instituto Materno Infantil (IMIP) a Pauta de Reivindicações da categoria. A decisão foi tomada em assembleia geral realizada na noite desta segunda-feira (18) que contou com a participação dos presidentes do Simepe (Silvio Rodrigues), do Cremepe (Helena Carneiro Leão) e de inúmeros pediatras.

Na avaliação do presidente do Simepe, Silvio Rodrigues, nos últimos meses, vários profissionais da Emergência trabalhavam em número insuficiente nas escalas de plantão e demonstravam insatisfação em função das dobras frequentes. O setor inclusive ficou em várias ocasiões com um plantonista. “Vamos levar para direção do IMIP a proposta aprovada pelos pediatras, ou seja, quatro plantonistas por plantão de 12 horas, dois evolucionistas para o repouso, melhoria na estrutura da unidade e adequação das escalas de trabalho em 60 dias”, afirmou. Ele ressaltou que, o movimento de caráter nacional de valorização da categoria já atingiu Pernambuco desde o ano de 2009.

Continue lendo

Anúncios


Sindicato dos Médicos entra na justiça contra o prefeito de Camaragibe
07/12/2010, 15:11
Filed under: notícias | Tags: ,

O Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) está ingressando com ações judiciais contra o prefeito de Camaragibe, João Lemos. A categoria reuniu indícios de irregularidades na rede pública de saúde do município, que estão sendo apresentados a orgãos como o Ministério Público de Pernambuco, Ministério Público do Trabalho e Conselho Regional de Medicina.

De acordo com o diretor jurídico do Simepe, Fernando Cabral, o Sindicato está apresentando denúncias relativas, entre outros temas, às condições de trabalho dos médicos, escalas de plantão desfalcadas, falta de medicações e ambulâncias sucateadas. “Os médicos vêm, ao longo deste ano de tentativas de negociação, provocando a prefeitura com todas essas informações, e nada foi feito”, afirmou.

Continue lendo



Pediatras do Barão de Lucena reivindicam melhores condições de trabalho
12/11/2010, 10:29
Filed under: notícias | Tags: , , , ,

Os médicos da emergência pediátrica do Hospital Barão de Lucena, localizado no bairro do Cordeiro, se reuníram na noite dessa quinta-feira (11) com o Sindicado de Médicos de Pernambuco (Simepe) e o Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) para pedir providências à Secretaria Estadual de Saúde, com a denúncia de que estão em condições precárias de trabalho e vem sofrendo pressões por parte da direção.

19 pediatras já pediram exoneração dos seus cargos e mais 5 ameaçam se demitir caso a situação não melhore. De acordo com o presidente do Simepe, Sílvio Rodrigues, na reunião dessa quinta a Secretaria de Saúde se comprometeu a restabelecer a escala de plantão e a chamar 14 plantonistas do último concurso, além de tentar resgatar os que pediram demissão e que ainda não tiveram a exoneração publicada no Diário Oficial.

Ele afirma também que foi marcada uma nova reunião para o dia 25, para avaliar se as condições adequadas foram estabelecidas. “Caso não haja restabelecimento das condições ideais, nós vamos avaliar novamente e os médicos que já estavam propensos a pedir demissão vão se exonerar do cargo”, diz Rodrigues.

 

Mídia Corporativa: Jornal do Commercio



Trinta médicos de Camaragibe entregaram pedidos de demissão
12/10/2010, 15:29
Filed under: notícias | Tags: , , ,

O Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) informou que os médicos de Camaragibe resolveram que não vão mais trabalhar no município. Dos cerca de 100 médicos que atuam em Camaragibe, de acordo com o Simepe, 30 já entregaram seus pedidos de demissão. Nesta quarta-feira, haverá uma  assembleia geral, onde mais médicos devem entregar os cargos.

De acordo com o presidente do Simepe, Silvio Rodrigues, os médicos de Camaragibe não têm direito a licença para tratamento de saúde, não têm direito a licença maternidade. Ele afirma que existem médicos há meses com contrato verbal de trabalho, recebendo baixos salários, quando comparados com outros municípios e o Estado.

Mídia Corporativa: pernambuco.com



Médicos vão pedir demissão após serem obrigados a voltar ao trabalho
07/10/2010, 12:29
Filed under: notícias | Tags: , , , , ,

Os médicos que trabalham na rede municipal de Camaragibe, terão que retornar ao trabalho a partir desta quinta-feira. Mandado de liminar expedido na tarde de ontem pelo juiz Luis Correia da Silva, decretou o movimento ilegal e ameaçou aplicar uma multa diária de R$ 5 mil ao Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) caso a decisão não seja cumprida.

Em assembleia geral realizada ontem à noite, a categoria resolveu acatar a liminar judicial, mas aprovou a proposta do início do movimento de demissão nos próximos dias.De acordo com o presidente do Simepe, Silvio Rodrigues, a entidade já conta com 30 pedidos em mãos e a tendência é  aumentar até a próxima semana.

Continue lendo



Médicos de Camaragibe em greve nesta segunda
04/10/2010, 11:15
Filed under: notícias | Tags: , , , ,

O impasse entre os médicos e a Prefeitura de Camaragibe continua. Nesta segunda-feira (4), a categoria volta a cruzar os braços e estão suspensos os atendimentos em abulatórios, postos de saúde da família, centros médicos e maternidades. Será mantido, apenas, 30% do serviço em atendimentos de urgência e emergência no Centro de Especialidade Médica (Cemec), localizado no centro da cidade.

Os profissionais de saúde vinculados ao munícipio de Camaragibe reivindicam direito a licença para tratamento de saúde, licença maternidade e reajuste salarial. Na próxima quarta-feira(06), às 19h30, haverá uma nova assembleia geral para discutir os rumos do movimento. A audiência será realizada no auditório do Simepe.

Mídia Corporativa: JC online



Médicos de Camaragibe anunciam paralisação, carreata e greve
01/10/2010, 09:33
Filed under: notícias | Tags: , , , , ,

Os médicos do município de Camaragibe organizam, nesta sexta-feira (1°), carreta para deflagrar movimento de greve nos serviços de saúde. A decisão foi tomada na noite de ontem (30), em assembleia geral. Ainda na reunião ficou acertada a paralisação dos ambulatórios e a manutenção de apenas 30% dos serviços de urgência e emergência. Segundo os médicos, a negociação já dura dez meses  e a categoria quer garantir melhores condições de trabalho,  atendimento de qualidade, ambulância seguras, escalas completas e a garantia de seus direitos trabalhistas.

Os médicos de Camaragibe reclamam que não têm direito a licença para tratamento de saúde, as médicas não têm direito a licença maternidade e os salários são baixos. Segundo os profissionais, até o momento, a prefeitura não demonstra interesse em resolver a situação.

Continue lendo